Preço Justo

Planos de acordo com sua necessidade

Suporte

Rápido, individual e humanizado

99,9%

Garantia de seu site sempre no ar

Conecte-se ao Mundo
A HostMeta trabalha para garantir que seu site esteja o tempo todo online
Recursos na medida Certa
Na HostMeta você escolhe o melhor plano para as necessidades do seu negócio... sem desperdício de recursos e dinheiro
Nossos Planos
Hospedagem Profissional
Hospedagem de Sites e Emails para profissionais e empresas que buscam estabilidade no serviço contrato, site sempre funcionando com máximo desempenho e o melhor atendimento
Anterior
Próximo

Encontre seu domínio

.com.br

R$ 50 /ano

.com

R$ 30 /ano

.net

R$ 70 /ano

.org

R$ 60 /ano

Dicas para criar uma loja virtual

Loja Virtual

Existem diversas opções e plataformas de venda na internet e boa parte dos empresários e empreendedores ficam confusos em investir em um site de e-commerce.

A primeira pergunta é sempre “Vale a pena criar uma loja virtual para minha empresa?” E a resposta é definitivamente SIM.

Nos dias atuais, ninguém tem dúvidas sobre a importância da Internet nas nossas vidas mas ainda assim você provavelmente precisará de mais algumas razões para decidir criar sua própria loja virtual. E aqui estão alguns bons motivos:

● Vender 24/7. Poucas são as empresas que podem manter uma loja física aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana em virtude de todos os custos envolvidos. Uma loja virtual permite que você receba pedidos durante os 365 dias do ano, seja dia, noite ou fins de semana e você não precisa contratar mais funcionários para isso, pois poderá processar os pedidos durante o horário comercial.

● Maior audiência. Com uma loja virtual, você pode vender seus produtos para clientes de qualquer lugar do país ou mesmo de qualquer canto do mundo.

● Expandir negócios sem gastar todo o seu dinheiro. Realmente, criar um site de e-commerce custará menos do que abrir uma nova loja na sua cidade. As vendas online geralmente representam uma grande parte do faturamento das empresas.

E a primeira etapa é definir o que você vai vender.

Escolha do produto. O que vender?

Loja Virtual - Produtos

Se você fabrica seus próprios produtos ou já tem uma loja física provavelmente você já sabe o que irá oferecer mas fique atento às essas dicas:

● Opte por um produto de preço médio. Quanto mais baratos forem os itens que você vende, mais pessoas irão comprá-los, porem o Valor Médio do Pedido (AOV) será menor. E vice-versa: se você optar por vender produtos caros, é provável que menos pessoas os comprem, mas o carrinho médio será maior. Porém é preciso avaliar e escolher corretamente a forma de entrega desses produtos.

As tarifas de frete no Brasil podem ser bastante confusas e podem acabar encarecendo demais o valor final. Procure opções, parcerias e contratos com empresas de transporte que possam atender sua demanda, sua área de entrega, com custos acessíveis e confiança.

● Escolha produtos que estejam crescendo em popularidade de forma lenta mas constante. Para encontrá-los, você pode usar uma das ferramentas mais populares para negócios, o Google Trends.

● Pense na “longitude” de seus clientes. Por exemplo, vestidos de noiva custam muito, mas quantas vezes você irá se casar na vida? Portanto, ao escolher um produto, responda à pergunta: Quantos clientes comprarão meu produto novamente?

Qual plataforma de eCommerce usar?

Agora, seu próximo passo é escolher uma plataforma para desenvolver sua loja virtual.

Existem diversas opções disponíveis e podemos dividir essa questão em três partes. Plataformas Externas, Plataformas Internas e Sistema Próprio.

Plataformas Externas são sistemas integrados e completos que possuem toda uma estrutura de tecnologia pronta para você iniciar suas vendas mais rapidamente. Elas são mais práticas e servem para praticamente todo tipo de negócio, dos pequenos aos grandes.
Tray, Shopify e NuvemShop são apenas 3 exemplos desse tipo de sistema. A principal desvantagem das Plataformas Externas é que sua loja virtual estará armazenada em outros servidores, diferentes do seu site principal e, geralmente, com um outro nome de domínio e para que você possa utilizar um domínio próprio e exclusivo é comum o pagamento de taxas adicionais. No entanto, esses sistemas geralmente oferecem formas de pagamento e entrega de produtos já integrados e com custos bem acessíveis.

Podemos definir as Plataformas Internas como aquelas que são instaladas diretamente em seu servidor de hospedagem, no mesmo local onde seu site principal está armazenado. Aqui temos diversas outras opções bem interessantes: Woocommerce, PrestaShop, Magento e OpenCart são algumas delas.

As Plataformas Internas tem a vantagem de serem muito mais personalizáveis e todas as citadas possuem código fonte aberto, ou seja, toda a programação do código da loja é fornecida de forma gratuita para que você possa instalar, personalizar e utilizar. A desvantagem é justamente a necessidade de se ter opções de pagamento e entrega que podem gerar custos extras.

Plataformas Próprias são aquelas que você contrata um programador exclusivamente para desenvolver o código de sua loja virtual, ou seja, ele vai fazer a sua loja ficar exatamente do jeito que você quer e funcionar exatamente do jeito que você precisa. Muitas vantagens nesse modelo mas muitas desvantagens também. A linguagem de programação utilizada, por exemplo, deve ser muito bem pensada para que no futuro você não tenha problemas de manutenção, alterações, atualizações, etc.

As Plataformas Próprias geralmente são utilizadas para grandes empresas e grandes e-commerce e seus custos não são vantajosos para pequenos e médios negócios.

Escolhi uma Plataforma Interna? E agora?

Se você já é proprietário de um site, você já sabe e entende que a importância de ter um servidor de hospedagem confiável não apenas é necessário como primordial.

No caso de lojas virtuais não é diferente. Analise se o seu servidor de hospedagem atual atende os requisitos de funcionamento da plataforma escolhida.

Aqui na HostMeta trabalhamos com servidores de alto desempenho e linguagem compatível com as principais Plataformas Externas do mercado, em especial, Woocommerce, PrestaShop e OpenCart.

O que você deve adicionar à sua loja?

Loja Virtual - Funcionalidades

Depois de instalar sua plataforma de ecommerce, você deve personalizá-la e, em seguida, adicionar seus produtos e incorporar recursos que irão melhorar a experiência do visitante.

Você deve prestar atenção especial nos seguintes itens:

● Fotos de excelente qualidade. Seus produtos devem ser fotografados de forma profissional, com iluminação adequada e, se for o caso, tratadas digitalmente para que os compradores possam avaliar adequadamente cada aspecto do produto. Não exagere na quantidade de fotos, 6 ou 7 imagens geralmente são suficientes. Só não esqueça de tirar fotos em diferentes ângulos e mostrando suas principais características.

● Descrições detalhadas. As pessoas gostam de saber exatamente em que seu dinheiro será gasto. Inclua descrições detalhadas com todas as informações pertinentes ao produto. Cor, tamanho, peso, características técnicas, vantagens, modo de uso, etc.. não economize nos detalhes nem omita informações.

● Função de comparação. Algumas pessoas podem achar muito difícil fazer uma escolha. Então, por que não ajudá-los um pouco com o recurso de comparação de produtos?

● Adicionar uma lista de desejos. Às vezes, os clientes em potencial precisam de um pouco mais de tempo para decidir se irão comprar um produto ou não. É quando a opção para adicionar o produto à lista de desejos será muito útil.

● Processo de compra rápido e fácil. Quanto menos campos seu cliente em potencial preencher para concluir a compra, maior será a probabilidade de concluir.

● Política clara de devolução e reembolso. Se seus clientes não se sentem confiantes o suficiente, eles ficarão com medo de comprar, especialmente se você é um negócio pequeno.

Promovendo sua loja virtual. Maneiras eficazes para atrair mais clientes

Loja Virtual - Marketing

Você não pode trabalhar com marketing por alguns dias e deixá-lo de lado para se dedicar a outras tarefas. Pelo contrário, é um trabalho árduo, contínuo e desafiador, mas que poderá trazer-lhe resultados surpreendentes.

Manter uma loja virtual de sucesso é tão, ou mais, desafiador quanto uma loja física. Não basta criar um site de vendas e ficar aguardando as pessoas encontrarem seu negócio na internet no meio de centenas de milhares de outras empresas.

Não se esqueça: Enquanto você está parado, seus concorrentes estão trabalhando, e se eles saírem na frente de você, será muito difícil alcançá-los.

Existem muitas maneiras de promover sua loja virtual.

  • Otimizar sua loja para os mecanismos de pesquisa é o mínimo necessário.
  • Criar campanhas no Google Ads é uma excelente técnica de promoção com investimentos em níveis acessíveis.
  • Criar um blog para sua loja virtual. Assim, você pode atualizar seu conteúdo com frequência (o Google gosta muito disso), e um blog pode ajudá-lo a criar um relacionamento mais próximo com seus clientes.
  • Promover sua loja virtual nas redes sociais. Todo mundo está nas mídias sociais. Por que não procurar seus clientes lá?
  • Criar seus próprios canais no WhatsApp e Telegram, por exemplo. Você pode usá-los para enviar notificações de promoções ou descontos em sua loja.
  • Trabalhar com email marketing. Seja criativo: tente enviar e-mails de agradecimento a seus compradores ou e-mails de saudação de aniversário com códigos de desconto exclusivos. Mostre a seu cliente que você se importa com eles.
  • Consiga embaixadores da marca e construa relacionamentos com influencers. A publicidade boca a boca tem sido uma boa forma de promoção há centenas de anos.

A combinação dessas técnicas poderão lhe trazer excelentes resultados e aumentar o faturamento da sua empresa de forma significativa.

Todos sabemos que não é fácil ousar se aventurar. Por outro lado, você nunca será bem sucedido sem dar o primeiro passo.


Artigo originalmente publicado em https://blog.mailrelay.com/pt/2020/04/07/6-dicas-para-criar-uma-loja-virtual revisto e adaptado por HostMeta

Compartilhe nosso conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp