Em nossa área de atuação tudo evolui muito rapidamente… se você não estiver em constante aprendizado, fica para trás rapidinho.

Semana passada assisti a um vídeo bem interessante que responde muito bem a pergunta do título: “Você sabe para que serve um servidor de hospedagem de sites?”

Já dei diversas explicações similares a muitos e muitos clientes com esta mesma linha de abordagem e, dessa vez, resolvi transcrever o conteúdo do vídeo e postar aqui no blog da HostMeta – com algumas alterações e comentários meus. Se você preferir assistir, o vídeo original está abaixo.

Suponhamos que você decida abrir uma padaria. Primeiro, teria de alugar um espaço, certo? Um Website não é diferente. Só que não você não está alugando um espaço físico, mas um espaço em um servidor. Há imensos servidores diferentes que podem tratar disto automaticamente. Mas eis uma breve descrição geral dos bastidores.

Um servidor é um computador ligado à Internet, com softwares que lhe permitem armazenar ou hospedar o seu Website. O código, as imagens, os clipes de vídeo e tudo que compõe o seu Website. Chama-se servidor, porque “serve” o conteúdo adequado, quando solicitado, ou seja, quando alguém quer ver uma página do seu Website.

Há muitas empresas e serviços que alugam um espaço no servidor e que alojam o seu Website – assim como a HostMeta. É quase como uma loja física: você paga uma taxa de hospedagem contínua e nós tratamos dos aspetos técnicos de gestão de um servidor, para que  você  precise se preocupar com isso.

Cada servidor tem o seu próprio endereço, que se chama endereço IP, abreviatura de Protocolo Internet. Basta-lhe saber que se trata de uma longa string de números, ou seja, qualquer dispositivo ligado à Internet pode falar com o servidor e encontrá-lo. Felizmente, você não tem de compreender o que dizem entre si. Tem apenas de escolher um nome simpático para referenciar aquele endereço IP numérico, o que nos leva para a segunda parte: o endereço Web ou o nome do domínio.

É através deste nome que será você encontrado pelos potenciais clientes, da mesma forma que as pessoas encontrariam a sua padaria física: pela placa por cima da porta. O nome do domínio é o que digita na janela do navegador para acessar um Website, como www.google.com.br  ou www.nomedasuaempresa.com.br.

Analisemos. Tudo o que vem depois de WWW. é o nome do domínio. É a parte que permite às pessoas descobrirem o seu Website. Qualquer dispositivo que pesquise este endereço, um tablet, smartphone , computador, etc., irá se comunicar com o servidor através do navegador. Depois, o servidor envia para esse dispositivo todos os elementos corretos necessários para apresentar o site (imagens, código, etc…). Assim, quem estiver do outro lado do dispositivo pode visualizar as páginas.

Quando alguém digita esse endereço Web no navegador, eis o que acontece: primeiro, o navegador descobre o servidor que contém o conteúdo e depois acessa esse servidor. O navegador envia a seguinte pergunta para o servidor: “Podem fornecer-me todos os elementos necessários para mostrar esta página Web a esta pessoa?”. O servidor responde: “Claro. Estou enviando cinco imagens, dois scripts e algumas pastas adicionais!” O navegador junta tudo para que a pessoa possa ver toda a página Web corretamente formatada.

É claro que eles ‘falariam’ isso tudo numa linguagem de bits e bytes confusos e não em português e nós não entenderíamos nada.

Dessa forma, o servidor hospeda o site e o nome do domínio ajuda as pessoas a encontrá-lo.

 

————

Agora que você entende um pouco mais sobre o nossos serviços, acesse: http://www.hostmeta.com.br/planos escolha o plano que melhor lhe convier de acordo com as características e tamanho do seu negócio e deixe que a HostMeta se encarregue de todos os aspectos técnicos e de segurança de seu site.